segunda-feira, 21 de setembro de 2009

A barata que saiu caro...ECA!!!



Barata é o horror de todas as mulheres que eu conheço. Tem umas que correm pra longe quando as vêem, enquanto outras pulam pra cima. Eu faço parte desta última. Quando criança recordo-me que meu lado psicopata aflorava quando via uma barata. Enquanto não a matava não sossegava. Matava-as com sandália, ou com qualquer outro objeto que as deixassem totalmente massacradas, nem que depois gastasse litros de desinfetante para lavar as sandália e o chão. Com o tempo, minha mãe começou a me profissionalizar, virei uma serial killer de baratas utilizando inseticidas mais sofisticados. Mas, isto não quer dizer que elas morriam envenenadas. Elas morriam afogadas de tanto eu colocar veneno em cima delas. Teve uma ocasião que estava estudando com uma amiga e de repente quem aparece?...uma barata. A minha amiga deu um grito e correu para o quarto, deixando sua bolsa na sala. Enquanto isto eu peguei o inseticida e sai correndo atrás da danada que me fazia de besta. E eu correndo na ânsia de exterminá-la, sai espalhando inseticida por todo lugar que ela passava deixando rastro. Daí, onde ela se escondeu? Na bolsa da minha amiga! Não contei conversa, afoguei-a dentro da bolsa mesmo.
Mas, esta barata não tem nada a ver com a que eu matei ontem, à noite. Essa era maratonista. Devia ter vindo do Kênia ou da Jamaica pois a peste corria com uma velocidade que nunca vi, parecia Usain Bolt, recordista de corrida de 100 mts … só para ter uma ideia, eu gastei quase a metade de um inseticida e nada dela morrer…acabando o inseticida, peguei uma vassoura e sai correndo atrás dela….quebrei o cabo da vassoura ao sair batendo no chão e nas paredes, sem no entanto, tocá-la nem por um instante. Não desistindo, porque se tratava de uma questão de honra neste momento, fui pegar outra vassoura….sabe o que aconteceu?...quebrei outro cabo de vassoura. Cansada e ofegante, já olhando para uns sapatos, a danada desapareceu pela janela. Ufa!...ainda bem, pois não tinha mais energia para aquela barata. Sai pra comprar vassouras.

5 comentários:

  1. Olha...baratas são os insetos mais resistentes da face da terra. É um barato imaginando vc matand baratas....hehehe.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde Amiga, tenho um selinho para si em meu blog, passe por lá...
    beijinhos
    Cleuzi
    http://cleusilvatutoriais.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Odeio baratas! Entro em pânico, fico histérica. Primeiro tento achar alguém para cometer o "assassinato". Se não encontro uma alma caridosa por perto, então, na ordem, é o inseticida. Se eu tiver que usar a vassoura pode ter certeza que terei pesadelos, chiliques entre outras coisitas e itas....É a treva!
    Obrigaga pela visita em meu cantinho. Adorei o post. bjss

    ResponderEliminar

My Journey

Trata-se de um blog pessoal, onde sinto-me à vontade para falar sobre my way and my journey.

Amigos que Acompanho

Acompanham-me..!!

Quem Sou

A minha foto

Eu pensei que me conhecia, mas eu me imaginava. Eu pensei que existiam somente duas Marys dentro de mim. Uma que eu a controlava, outra que me controlava. No entanto, comecei a tirar os véus da imaginação e me dei conta que existem muitas mulheres dentre deste corpo pequeno e frágil. Por isto, ele era tão complexo e vulnerável.A partir daí, comecei a compreender a fala da minha incompreensão, tentando ser menos severa comigo, para ser mais amável e tolerante para aceitar que sou o que sou, sem nenhum compromisso em querer ser politicamente correta para agradar aos outros. Isto me acalma e me faz ver-me diferente. Sou mulher, mãe, profissional, deusa, amante, cidadão do mundo, vivendo intensamente meu universo feminino. Isto é o que chamo de entrega de mim à mim, mesma. Sou seguidora incondicional de Jesus Cristo.

Bem....

Bem....

Obrigada pela visita e volte sempre!

Obrigada pela visita e volte sempre!