segunda-feira, 30 de março de 2009

Ser loira...identidade feminina.

Um certo dia, uma paciente minha de 38 anos, chegou ao consultório após, 3 meses de "desertação", com um sorriso radiante, vestindo uma camiseta com o nome AMOR na frente, e com os cabelos loiros, o que me chamou bastante atenção. Na sessão terapêutica, a mesma revelou que encontrava-se na fase mais feliz da sua vida, por estar vivendo um grande amor. Daí, o motivo de ter pintado seus cabelos de loiro, segundo sua justificativa. Para ela, o estar loira traduzia naquele momento o fogo da paixão, ajudava-a a desenvolver sua sensualidade e a promover momentos inesquecíveis com o seu amado. Simbolizava o desvelamento de uma nova mulher que insistia na procura da sua felicidade.

Falar sobre as loiras valeria um estudo grandioso no aspecto comportamental, dada a relação que as mulheres fazem com a identidade feminina. Ser loira passou a ser sinônimo de sedução, poder e feminilidade.

Lendo os resultados da pesquisa mencionada no post anterior, me moveu a falar um pouco sobre os meus pensamentos e experiência de ser loira.

Em algum lugar se escreveu que as loiras "naturais" irão se extinguir nos próximos anos, dada a miscigenação. Mas, eu fico me perguntando o que é ser loira? ..É uma herança genética? ..É um estado de espírito? ..É um jeito de ser?...é uma disposição afetiva? Pode ser tudo isto e mais alguma coisa, a depender de como as pessoas queiram enxergar e lidar com o tema.
Particularmente, me inclino a perceber o "ser" ou "estar" loira, como uma questão de identidade…um jeito de ser ou um momento da mulher, em particular. Sendo assim, na minha opinião, loira não precisa nascer loira. Ou seja, não precisa ser necessariamente nórdica ou ter uma descendência de olhos claros. Ela torna-se loira pela sua identificação e vontade de dar um significado para si, através do sentido que ela internaliza com o apoio de cabelos claros, independente do que possam pensar sobre ela. O significado é o sentir-se bem com os cabelos claros. Mas,o sentido que os cabelos claros vai revelar para cada uma, irá depender do seu pensar, sentir e estar naquele momento para seguir segura na vida. Alguns psicanalistas enfatizam o lado narcísico desse modo de pensar e ser. Mas, prefiro ver o lado mais simples da questão. Ou seja, prefiro entender como um evento, onde a mulher escolhe entre ser loira, morena, negra ou ruiva. Tudo isto deve passar por uma disposição afetiva, onde não devemos colocar nossa intencionalidade nessas escolhas. Claro que acredito que deva existir motivos para suas escolhas. Afinal, dada a conotação de cada cor de cabelo que cada uma atribui para si, é possível que algumas mulheres possam usá-los como escudo ou personagem em alguns contextos da sua vida. Mas, acho desnecessário ficarmos sempre procurando interpretar o quem tem por trás, dessas opções porque cada pessoa é um mundo. Daí, não vejo porque ficarmos perdendo tempo em classificações, determinações, conceituações.

Mas, entendo que ao mesmo tempo é encantador e difícil ser loira, pois o próprio inconsciente coletivo é confuso acerca das mesmas. Uns tomam-na como o ícone do charme e da sensualidade,outros como o símbolo de mulheres vulgares e burras.

Já vivi situações que me orientaram a mudar a cor dos meus cabelos para desenvolver atividades de consultoria em empresas, uma vez que acreditavam que o meu tipo loiro poderia prejudicar meus compromissos profissionais. Ser loira é ser fatal, diziam. Não combina com a sobriedade do ambiente de trabalho. Ser atraente e ser competente pega mal, para os mais conservadores.

Mas, para desmitificar e defender as loiras, sempre respondi de maneira inteligente aos meus desafios profissionais, sem modificar uma madeixa dos meus cabelos. Aliás, que sociedade controladora é esta que determina até a cor do cabelo que as pessoas devam se apresentar no mundo?

Enfim, a experiência do outro nos atravessa.

Daí, deixo um recadinho para as loiras, morenas, negras, ruivas: Tem alguma coisa verdadeira nas nossas crenças, que nos deixamos ser afetadas por elas. É preciso nos conhecermos mais, para descobrirmos nosso referencial afim de sabermos como agir para que nos sintamos bem. Pois, independente das nossas religiões, raças, crenças, cores de cabelo, profissões tem algo que nos habita de maneira universal: o ser mulher. 0 que importa é que sejamos soberanas das nossa vontades. E se por acaso amanhã, optarmos por morena, ruiva, negra ou loira, é porque nossos momentos, sentimentos, sensações nos solicitam para algumas dessas identidades femininas. E vamos viver os momentos como devem ser, buscando sermos inteiras, verdadeiras e plenas com nós mesmas. Fácil?...não muito....mas, por ai, vamos lidando com a vida.


By Maryq

LOIRAS


Tingir o cabelo de loiro torna as mulheres mais confiantes, mais seguras e aumenta a possibilidade delas fazerem sexo. Pelo menos é o que afirmam pesquisadores da Universidade de Nottingham Trent, na Inglaterra. Segundo eles, as loiras tingidas têm auto-estima redobrada em comparação com as mulheres que mantêm as madeixas com a cor natural.


Para avaliar o efeito da coloração do cabelo em relação à personalidade e ao bem-estar, o estudo analisou 205 mulheres entre 25 e 66 anos. Resultado: 50% delas sentiam-se mais bem percebidas e garantiam despertar mais os olhares masculinos após tornarem-se loiras. E confessaram ter mudado o visual justamente para chamar mais a atenção nas ruas.


Para o coordenador da pesquisa, Mark Sergeant, as loiras "realçadas" têm mais facilidade de dançar e de cantar na frente de desconhecidos do que as outras mulheres. Isso porque, segundo ele, as mudanças extrapolam o campo do comportamento para alterar sensivelmente o perfil psicológico. "O aumento na confiança e na desinibição foram quase sempre associados à mudança na auto-percepção. Afinal, elas sentem-se mais atraentes e confessam melhor desempenho sexual", diz.


Psiquiatra especializada em sexologia, Rita Jardim diz que, na década de 60, pintar os cabelos de loiro era um ato transgressor, que nas décadas seguintes evoluiu para um símbolo de erotismo e auto-confiança. "Antigamente, as mulheres loiras eram tachadas de prostitutas ou exibicionistas. Os cabelos loiros, hoje, estão muito mais associados à personalidade forte. A mudança é mais bem aceita pela sociedade moderna e também está mais valorizada pela mídia", afirma.


Preferência entre as "tingidas"A administradora Alexandra Rocha diz que passou por uma transformação quando pintou os cabelos. "O cabelo loiro ajudou a me desinibir mais. Sempre fui muito tímida quando era morena, agora me sinto mais determinada", conta.
(Texto retirado da internet)

sábado, 21 de março de 2009

Niver de nick


As gatas Renata e Louise. Lindas incontestavelmente!!!
Eu e Nick ...o lindinho da mamãe.

Paulinho, meu filho amado adotivo e Nichollas


Fernando e Flavinha minha sobrinha linda. Casal que amo de paixão. Por causa deles sou tia-avó....ADORO MEU SOBRINHO NETO .


Minha mãe MARAVILHOSA!

Sem comentários!












Onde está o aniversariante?...que turma linda !!!...organizaram uma surpresa para Nick.No entanto, foi ele quem mais surpreendeu à todos!....tomou um porre pra comemorar seus 18 aninhos, chegou em casa trôpego....ai, que raiva!....daí, ele está ausente, representado pela foto registrada no celular de Yvisson. Valeu gente...muito obrigada pelo carinho de vocês!



Nick e Renata .Que casal lindo!!!!...amo vocês!

quinta-feira, 19 de março de 2009

Sorri(Charles Chaplin / G. Parsons / J. Turner - Vs. Braguinha)

Sorri quando a dor te torturar

E a saudade atormentar

Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar

Quando nada mais restar

Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz

E sentires uma cruz

Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor

E ao notar que tu sorris

Todo mundo irá suporQue és feliz

Smile

Geração sem avós




Uma das grandes recordações que eu guardo desde criança é a minha relação afetiva com meus avós. Especificamente quero me deter neste momento as figuras das minhas avós. Não que meus avôs não tenham tido um significado para mim, mas é a minha atenção neste momento que me conduz à elas.

Fisicamente as achava um pouco parecidas…ambas possuíam olhos claros, pele branca, estatura mediana. Mas, percebia algo a mais em comum que de certa maneira , o meu olhar e coração de criança as distinguiam de outras mulheres, inclusive da minha mãe: elas eram avós.

A ternura nos seus gestos, o sorriso largo diante nossas exibições para chamar suas atenções, o brilho do olhar ao nos ver saindo do carro indo em direção aos seus braços, a paciência para rever um filme que já assistiu e que estava se reeditando através dos netos, o prazer de fazer aquele bolo de laranja ou de chocolate aos sábados, o qual exalava pela casa inteira um cheiro que não era somente do bolo, mas um cheiro que tinha um significado de lar, de alegria, de afetividade , nos faziam entender a importância das avós em nossas vidas.Com elas, podíamos chorar, dizer o que sentíamos, porque o mínimo que obtínhamos era o seu acolhimento.

Olhando a face enrugada das minhas avós, eu percebia a velhice como algo bonito, natural que fazia parte da constituição da existência humana. Aqueles olhos azuis, cujos brilhos ofuscavam o cansaço das pálpebras, nunca saíram do meu pensamento diante tanta beleza e contraste. Com elas aprendi a olhar as rugas, não como algo que não deveriam fazer parte daqueles rostos, mas ao contrário, como algo que fazia parte do momento delas, em cada estágio das suas vidas. Elas não tinham vergonha de dizerem suas idades, nem muito menos de mostrarem o mapa da sua existência através das rugas que avançavam de acordo com o passar do tempo. Será que elas agiam assim, porque na época não existiam botox, lifting, sculptra,?...ou porque os princípios eram consolidados na aceitação do curso normal da natureza?...

Na verdade, tenho medo da figura da avó cheia de ternura, ser substituída por avós neuróticas, como estou vendo ultimamente. O que observamos hoje, é uma sociedade onde as pessoas seguem como zumbis aos ditames de que o que importa não é obter a felicidade, mas sim a “perfeição”. E nesta linha de raciocínio, ser perfeito é se manter jovem, belo, nem que tenham que comprar a beleza “eterna”. E neste atalho para driblar a velhice, as pessoas se desencontram de si e dos outros. E ai, muitos netinhos perdem suas avós, que de maneira obssecadas, buscam formas de se aproximarem dos netos de maneira errada. Ao invés delas curtirem a reedição dos filhos através dos netos, elas querem buscar reedições das suas juventudes.

Peço à Deus que me ilumine bastante, para ter a oportunidade e o prazer de ser uma avó saudável e carinhosa, para brincar com meus netinhos e permitir-lhes passar as mãozinhas no meu rosto e distingui-lo do da mãe e de outras mulheres.

Enquanto isto vou aproveitando para continuar curtindo meus filhos queridos, enquanto meus netos não vem.

Maryq

terça-feira, 17 de março de 2009

DESABAFO DE UM BOM MARIDO Luís Fernando Veríssimo

Minha esposa e eu sempre andamos de mãos dadas.. Se eu soltar, ela vai às compras.
Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica. Então ela disse: 'Nós temos muitos aparelhos,mas não temos lugar pra sentar'. Daí comprei pra ela uma cadeira elétrica.
Eu me casei com a 'Sra. Certa'. Só não sabia que o primeiro nome dela era 'Sempre'.
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.
Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha. Ela perguntou: 'O que tem na TV?' E eu disse'Poeira'.
No começo Deus criou o mundo e descansou.
Então, Ele criou o homem e descansou.
Depois, criou a mulher.
Desde então, nem Deus, nem o homem, nem o Mundo tiveram mais descanso.
Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu deveria consertá-lo. Mas eu sempre acabava tendo outra coisa para cuidar antes, o caminhão, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais importante para mim.
Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer. Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha decostura.
Eu olhei em silêncio por um tempo, me emocionei bastante e depois entrei em casa.
Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dente e lhe entreguei. '- Quando você terminar de cortar a grama,' eu disse, 'você pode também varrer a calçada.'
Depois disso não me lembro de mais nada. Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida'.
'O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e a outra é o marido...

quarta-feira, 11 de março de 2009

RONALDO- O FENÔMENO!


Não sou muito ligada a futebol, apesar de viver na terra do futebol. Ver 22 homens correndo atrás de uma bola, fico no mínimo tonta, sem contar as descargas emocionais que tomam conta do meu corpo, quando o adversário toma a bola que estava quase na cara do gol do meu time preferido. Aquele homem de preto atrapalhando o jogo, com um aapito na boca também não entendo porque...hahaha...tem também aqueles comentaristas que só fazem poluição sonora, fazendo futurologias dos resultados, e falando coisas que não tem nada a ver nos desconcentrando do jogo.
Mas, quando é Ronaldo quem entra em campo...pode ser até o time Alexandria de Mossoró( acho que é de Mossoró, se não for não tem problema) , ele consegue atrair a atenção do jogo e do país inteiro. Seja para criticá-lo ou para elogiá-lo, o país pára.
Particularmente, eu vejo a sua fenomenologia não pela sua capacidade magestosa de jogar bola. Mas, sim pela sua capacidade de auto-superação indiscutível. Mesmo a mídia colocando-o como um ser de "faltas", ele se acha um ser de possibilidades surpreendentes.
Ai, Ronaldo...torço por ti e quero que arrebente hoje como titular novamente. Você representa o povo brasileiro que pode até cair, mas com a mente quieta, a espinha reta e um coração tranquilo, viramos o jogo quando menos nos esperam. E se não for desta vez terás muitas chances para apresentar o retorno do fenômeno. Para mim, você já retornou com aquela cena linda de domingo, onde pela primeira vez me demonstrou a alegria monstruosa pelo resultado de um gol.


Abaixo a letra da música do Marcelo D2 que também curto bastante.

Sou Ronaldo

Sou Ronaldo


Muito prazer em conhecer
Eu sou Fenômeno
Ronaldo Nazário dos campos
E quero muito agradecer a Deus por ter-me escolhido no meio de tantos
Igual a todo brasileiro eu sou guerreiro
Às vezes caio, mas eu me levanto
Sou Ronaldo
O desafio sempre esteve e estará em minha vida
E eu já nem me espanto
E se o mundo é uma bola, a gente tem que entrar de sola pra ganhar o campo
Eu não me intimido e parto pra cima
E só me contento ao ouvir a galera entoando esse canto
Ro... ô, ô, ô, ô... naldo é gol
Ro... ô, ô, ô, ô... naldo é gol
Sou Ronaldo
Nasci no Rio de Janeiro
Alô-alô, Bento Ribeiro, minha área
Eu sou Ronaldo
Jogo na linha, a nove é minha
Ninguém tasca eu vi primeiro
Artilheiro, eu sou Ronaldo
O meu desejo é ser criança
E não perder a esperança de ver o jogo mudar
Eu sou Ronaldo
A minha fome é de bola
A minha sede é de gol
Balança a rede, eu sou Ronaldo
Sou de suar minha camisa
Conquistar minha divisa
Eu já provei que eu sou Ronaldo
E se você não acredita que eu não sou de fazer fita
É só esperar pra ver
Ro... ô, ô, ô... naldo é gol
Ro... ô, ô, ô... naldo é gol
E quando o tempo é de Copa
Os gringo fica ligado
Mais de 170 milhões são Ronaldo
R9, todo mundo sabe:
Homem-gol!
Tu é Ronaldo, o Brasil é e eu também sou
Qualquer problema, meu cumpade
Tiro de letra
Tô sempre pronto
Já ouviu?
A pátria tá de chuteira
Perrengue a gente passa
Eu nunca tô de bobeira
A bola quica
Eu pego ela de primeira

OS 10 MANDAMENTOS DO HOMEM FEIO


(Fala sério...este cara com uma graxinha nos cabelos e uma escovada de dentes, até que ficaria bonitinho!!....kkkk)

1.Não somos enganados - Jamais uma viúva negra poderá nos dar o golpe. Nós feios temos um radar. Se alguma menina linda quiser ficar com um de nós e, em seguida, desejar ir para nossa casa, isso significa que algo está errado


2.Ninguém nos acusa - Nenhuma pessoa irá nos acusar de assédio sexual no trabalho. Isso é certo devido a lógica das circunstâncias.


3.Ninguém duvida de nossas capacidades - As mulheres lindas são acusadas de saírem com os chefes para conseguirem escalar posições. Mas, se um feio "subir" na carreira, ninguém irá duvidar de sua capacidade para tal posto.


4.Livre de extorsão - Muitos homens acabam pobres depois de se envolverem em um relacionamento. Impossível que a mesma situação ocorra com um feio. Ninguém vai querer se "arriscar" tanto.


5.Somos incomparáveis - Não precisamos vencer o fantasma do corpo perfeito, pois ninguém irá se comparar conosco.


6.Amor honesto -Depois de superar a primeira impressão, as brincadeiras e tudo mais, se alguém ficar apaixonado por um feio, pode ter certeza que este é o amor mais honesto de todos.


7.Não esperamos na porta - Não precisamos esperar para entrar em um boliche, por exemplo. Nenhum segurança quer nos ter como companhia, eles logo nos mandam entrar.


8.Somos atendidos rapidamente - Não sofremos com a burocracia estatal ou privada. Tal como vemos no item anterior, as pessoas nos atendem muito rápido.


9.Podemos economizar - Se pararmos de brigar frente ao espelho e atirarmos a balança pela janela, terminamos com a angustia e economizamos uma grana.


10.Salvamos o planeta - Os feios merecem o Prêmio Nobel da Paz. Dizem que aos 11 anos desapareci de casa e fui abduzido. Os extraterrestres me analisaram e disseram: "Se os humanos são assim, melhor pararmos de nos contagiar. Não convém invadir o planeta Terra". Nós salvamos a humanidade.

terça-feira, 10 de março de 2009

Mulher, sua origem e seu fim - Luís Fernando Veríssimo




Existem várias lendas sobre a origem da Mulher. Uma diz que Deus pôs o primeiro homem a dormir, inaugurando assim a anestesia geral, tirou uma de suas costelas e com ela fez a primeira mulher. E que a primeira provação de Eva foi cuidar de Adão e agüentar o teu mau humor enquanto ele convalescia da operação. Uma variante desta lenda diz que Deus, com seu prazo para a Criação estourado, fez o homem às pressas, pensando "Depois eu melhoro", e mais tarde, com o tempo, fez um homem mais bem-acabado, que chamou Mulher, que é "melhor" em aramaico.
Outra lenda diz que Deus fez a mulher primeiro e caprichou nas suas formas, e aparou aqui e tirou dali, e com o que sobrou fez o homem só para não jogar o barro fora.
Em certas tribos nômades do Meio Oriente ainda se acredita que a mulher foi, originariamente, um camelo, que na ânsia de servir seu mestre de todas as maneiras foi se transformando até adquirir sua forma atual.
Todas estas lendas, claro, têm pouco a ver com a verdade científica. Hoje se sabe que o Homem é o produto de um processo evolutivo que começou com a primeira ameba a sair do mar primeiro, e é descendente direto de uma linha específica de primatas, tendo passado por várias fases até atingir = seu estágio atual - e aí encontrar a Mulher, que ninguém ainda sabe de onde veio.
Mas de onde veio a primeira mulher, já que podemos descartar tanto a evolução quanto as fantasias religiosas e mitológicas sobre a criação? Inclino-me para a tese da origem extraterrena. A mulher viria (isto é pura especulação, claro) de outro planeta. Venho observando-as durante anos e inclusive casei com uma, para poder estudá-las mais de perto - e julgo ter colecionado provas irrefutáveis de que elas não são deste mundo.
Observei que elas não têm os mesmos instintos que nós, e volta e meia são surpreendidas em devaneio, como que captando ordens de outra galáxia, embora disfarcem e digam que só estavam pensando no jantar. Têm uma lógica completamente diferente da nossa.
Ultimamente têm tentado dissimular sua peculiaridade, assumindo atitudes masculinas e fazendo coisas - como dirigir grandes empresas e xingar a mãe do motorista ao lado - impensáveis á alguns anos, o que só aumenta a suspeita de que se trata de uma estratégia para camuflar nossas diferenças, que estavam começando a dar na vista.
Quando comentamos o fato, nos acusam de ser machistas, presos a preconceitos e incapazes de reconhecer seus direitos, ou então roçam a nossa nuca com o nariz, dizendo coisas como "oink, oink" que nos deixam arrepiados e sem argumentos. Claramente combinaram isto. Estão sempre combinando maneiras novas de impedir que se descubra que são alienígenas e têm desígnios próprios para a nossa terra. É o que fazem quando vão, todas juntas, ao banheiro, sabendo que não podemos ir atrás para ouvir.
Muitas vezes, mesmo na nossa presença, falam uma linguagem incompreensível que só elas entendem, obviamente um código para transmitir instruções do Planeta Mãe.
E têm seus golpes baixos. Seus truques covardes. Seus olhos laser, claros ou profundamente escuros, suas bocas. Meu Deus, algumas até sardas no nariz. Seus seios, aqueles mísseis inteligentes. Aquela curva suave da coxa quando está chegando no quadril, e a Convenção de Genebra não vê isso !!!! E as armas químicas - perfumes, loções, cremes ??
São de uma civilização superior, o que podem nossos tacapes contra os seus exércitos de encantos?
Breve dominarão o mundo. Breve saberemos o que elas querem. E depois de sair este artigo eu for encontrado morto com sinais de ter sido carinhosamente asfixiado, com um sorriso, minha tese está certa.




Minha filha Louise


Só não é mais linda , porque é uma só. Amo de coração.




Nossa mascotinha...Milla


FORMATURA DE FABIANA

Eu e minha filha gata, na formatura da minha sobrinha Fabiana, no dia 28 de Fevereiro.
Fabiana entrando no mercado de nutrição para nos deixar mais belas e saudáveis. Valeu Fabi!

Logo mais, vou apresentar a Fabiana. Linda de viver!





Semana de aniversário do menino mais lindo do mundo

Que bom ter um filho tão lindo e amado como tu, lindinho.Todos nós estamos torcendo pela sua vitória no vestibular viu?
















domingo, 8 de março de 2009

O que quer a mulher?


A lenda conta que...o jovem Rei Arthur foi surpreendido pelo monarca do reino vizinho, enquanto caçava furtivamente em um bosque.
O Rei (vizinho) poderia tê-lo morto no ato, pois tal era o castigo para quem violasse as leis da propriedade.
Contudo, comoveu-se ante a juventude e a simpatia de Arthur e ofereceu-lhe a liberdade, desde que no prazo de um ano trouxesse a resposta a uma pergunta difícil.
A pergunta era: - O que realmente querem as mulheres ?
Semelhante pergunta deixaria perplexo até o homem mais sábio, e ao jovem Arthur pareceu-lhe impossível responder. Contudo, aquilo era melhor do que a morte, de modo que regressou ao seu reino e começou a interrogar as pessoas.
Interrogou a princesa, a rainha, as prostitutas, os monges, os sábios, o palhaço da corte, em suma, todos. Mas, ninguém soube dar uma resposta convincente.
Porém, todos o aconselharam a consultar a velha bruxa, porque somente ela saberia a resposta.
O preço seria alto, já que a velha bruxa era famosa em todo o reino pelo exorbitante preço cobrado pelos seus serviços.
Chegou o último dia do acordado e Arthur não teve mais remédio senão recorrer à feiticeira.
Ela aceitou dar-lhe uma resposta satisfatória, com uma condição: primeiro teria que aceitar o seu preço.
Ela queria casar-se com Gawain, o cavaleiro mais nobre da mesa redonda e o mais intimo amigo do Rei Arthur.
O jovem Arthur olhou-a horrorizado: era feíssima, tinha um só dente, desprendia um fedor que causava náuseas até a um cachorro, fazia ruídos obscenos,
Nunca havia topado com uma criatura tão repugnante.
Acovardou-se diante da perspectiva de pedir ao amigo de toda a sua vida para assumir essa carga terrível.
Não obstante, ao inteirar-se do pacto proposto, Gawain afirmou que não era um sacrifício excessivo em troca da vida de seu melhor amigo.
A bruxa, de sabedoria infernal, disse: "O que realmente as mulheres querem é:
“serem soberanas de suas próprias vidas!"
Todos souberam no mesmo instante que a feiticeira havia dito uma grande verdade e que o jovem Rei Arthur estaria salvo.
Assim foi.
Ao ouvir a resposta, o monarca vizinho devolveu-lhe a liberdade.
Porém, que tristes bodas foram aquelas ...
toda a corte assistiu e ninguém se sentiu mais desgarrado, entre o alívio e a angústia, do que o próprio Arthur.
Gawain, entretanto mostrou-se cortês, gentil e respeitoso.
A velha bruxa usou de seus piores hábitos, comeu sem usar talheres, emitiu ruídos e exalou um mau cheiro espantoso.
Chegou a noite de núpcias.
Gawain, preparou-se para ir para a cama e ficou aguardando a sua esposa...
No entanto....
ela apareceu como a mais linda e charmosa mulher que um homem poderia imaginar!
Gawain ficou estupefato e perguntou-lhe o que havia acontecido.
A linda mulher respondeu-lhe com um sorriso doce que por ele ter sido gentil e cortês
Ela apresentar-se-ia metade do tempo com um aspecto horrível e a outra metade como uma linda mulher.
- Qual você prefere para o dia e qual para a noite?
Que pergunta cruel... Gawain apressou-se em fazer cálculos...
Poderia ter uma mulher adorável durante o dia para exibir aos seus amigos e a noite na privacidade do seu quarto uma bruxa horrível... ou, quem sabe, ter de dia uma bruxa horrível e uma linda mulher durante a noite, nos momentos íntimos da sua vida conjugal.
O nobre Gawain respondeu que a deixaria escolher por si mesma.
Ao ouvir a resposta ela anunciou que seria uma linda mulher de dia e de noite, porque ele a havia respeitado e permitido ser dona de sua vida...
Moral da história: Não importa se a mulher é bonita ou feia, no fundo, é sempre uma bruxa... Ela transformar-se-á de acordo com a sua vontade e desejo.
Pois toda mulher que ser soberana das suas vontades.
E no mínimo merece um GAWAIN em sua vida.










sábado, 7 de março de 2009

Luís de Camões

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

O amor

O amor é que nem pimenta.
Se pegar nos olhos cega.

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

O que comemoramos neste dia? Os avanços e conquistas das mulheres na sociedade? Ou os avanços e conquistas das mulheres em sua integridade pessoal? ou os dois?
Talvez por eu ser genuinamente feminina, a temática sobre a mulher me atrai bastante para levantamento de estudos e de observações no dia-a-dia. A conclusão que chego é que a mulher por si já foi uma grande conquista e avanço para humanidade, na criação do mundo. A sua singularidade que a torna única, e confusamente mal entendida pelos homens, devido a sua complexidade, tornou-se estudos para muitos comportamentalistas, humanistas, fenomenologistas. Mas, já perguntava o nosso querido Jabor: “o que seria o mundo sem as mulheres?
A queima dos soutiens em praça pública foi um grande advento dos movimentos feministas no mundo inteiro, haja visto a expressão do incômodo da mulher em sua posição secundária na sociedade. O manifesto retratava a não aceitação do papel de submissão da mulher, no que foi amplamente entendido como um pleito meramente feminista, embora tenha sido um marco histórico para se repensar a atuação feminina no mercado de trabalho e na sociedade como um todo.
Sem desmerecer esse fato histórico, particularmente no dia-a-dia, eu não acho que a mulher para conquistar seu lugar no mundo, tenha necessariamente que queimar seus soutiens numa fogueira em praça pública, como também, precise aprender mecânica de automóveis, trocar pneus ou dividir a despesa de uma água mineral, quando em companhia do sexo oposto. Me confunde esta necessidade de igualdade de forças. Me confunde esta necessidade de independência total para se sentir completa, quando de repente o ser humano de modo geral é interdependente. A mulher precisa sem perder a sua essência feminina saber lidar com inteligência, com algumas limitações ainda existentes na sociedade, favorecendo a criação de uma nova cultura social onde reconheçam o seu valor e potencial. Ainda acredito que existe na sociedade um apelo sexual muito forte em torno da mulher preconizado pela mídia, reforçando a ideia que a mulher deve ser vista como objeto de atenção masculina. Isto para mim é preocupante. Mas, acredito que é na atuação de cada mulher que poderemos trazer uma nova conscientização para o mundo. Ou seja, a mulher tem que mostrar que ela vai além de seios e bunda. Feia ou bonita para os padrões de beleza, toda mulher possui capacidades que somente ela e mais ninguém possui: o da recriação do mundo através da gestação. Pois, o ato de conceber outro ser a torna transcendente devido o desenvolvimento da sua sensibilidade, da capacidade de espera e da compreensão para entendimento dos fenômenos ocorridos internamente, assim como suas consequências. Além disso ainda desenvolve de maneira incondicional a aceitação para o diferente, entre outras coisas. E talvez, seja por isto que ela tenha desenvolvido a capacidade para fazer várias coisas ao mesmo tempo, o que a tornou merecida da alcunha de “poderosa”. Mas, o ser poderosa não significa caber nela toda a responsabilidade do mundo. Isto é um peso que leva ao cansaço, o que pode ser dividido com as pessoas que estão no seu contexto. Ser poderosa, no sentido de se considerar uma pessoa cheia de possibilidades. Isto para mim é que é ser mulher.


o apelo do que ela que necessita ser revisto para a mulher transcender a imagem

sexta-feira, 6 de março de 2009

PARADOXO DO NOSSO TEMPO

O Paradoxo do Nosso Tempo
(George Carlin)

Nós bebemos demais, fumamos demais, gastamos sem critérios, dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito
cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e rezamos raramente.
Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.
Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.
Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; Adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.
Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho.
Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.
Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.
Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas
realizamos menos.
Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.
Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos menos.
Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; Do homem grande de caráter pequeno; Lucros acentuados e relações vazias.
Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.
Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas 'mágicas'.
Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa.
Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão por aqui para sempre.
Lembre-se dar um abraço carinhoso num amigo, pois não lhe custa um centavo sequer.
Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua companheira (o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, ame...ame muito.
Um beijo e um abraço curam a dor, quando vêm de lá de dentro.

Falou!!!

quinta-feira, 5 de março de 2009

Eu, modo de falar
Eu na minha magnífica coragem aprendi a ser livre. A gritar quando sinto vontade e a chorar quando preciso chorar e a sorrir , mesmo quando a situação não me permitir.
E perante os olhos dos homens e das suas infinitas curiosidades, levantei a minha cabeça e mostrei que não era uma boneca de porcelana, mas que poderia ser quebrada várias vezes e que poderia ser rejuntada se assim fosse a minha vontade.
Eu sonhei com príncipes encantados. Isto era uma imposição para as meninas que eram criadas como princesas. Mas, hoje sou mulher que não acredita em príncipes, mas no amor. Que acredita no homem, mas não como o responsável pela minha felicidade, mas como responsável pela nossa relação, assim como eu.
Sabe aquele casal que quando um fica com o olhar perdido, bem longe, o outro se aconchega em seus braços e vai até onde o outro está?....para mim, isto se chama cumplicidade. É quando ninguém bate à nossa porta, não há emails na caixa de entrada não há recados na secretária eletrônica e mesmo assim, você entende a mensagem. Sempre fui de falar o que sinto e o que penso. Acordo pela manhã com ótimo humor mas ... permita que eu escove os dentes primeiro.

My Journey

Trata-se de um blog pessoal, onde sinto-me à vontade para falar sobre my way and my journey.

Amigos que Acompanho

Acompanham-me..!!

Quem Sou

A minha foto

Eu pensei que me conhecia, mas eu me imaginava. Eu pensei que existiam somente duas Marys dentro de mim. Uma que eu a controlava, outra que me controlava. No entanto, comecei a tirar os véus da imaginação e me dei conta que existem muitas mulheres dentre deste corpo pequeno e frágil. Por isto, ele era tão complexo e vulnerável.A partir daí, comecei a compreender a fala da minha incompreensão, tentando ser menos severa comigo, para ser mais amável e tolerante para aceitar que sou o que sou, sem nenhum compromisso em querer ser politicamente correta para agradar aos outros. Isto me acalma e me faz ver-me diferente. Sou mulher, mãe, profissional, deusa, amante, cidadão do mundo, vivendo intensamente meu universo feminino. Isto é o que chamo de entrega de mim à mim, mesma. Sou seguidora incondicional de Jesus Cristo.

Bem....

Bem....

Obrigada pela visita e volte sempre!

Obrigada pela visita e volte sempre!