domingo, 23 de agosto de 2009

SERÁ QUE AS RUAS SÃO ADAPTADAS PARA AS MULHERES?



Tudo bem que hoje o tema social, está voltado para a inclusão dos portadores de necessidades especiais. Mas, alguém já reparou para ver que as ruas não são adaptadas para as mulheres andarem à pé?...sendo assim, deveria via de regra , as mulheres nascerem motorizadas.Pois, ao ver uma mulher descendo uma ladeira com sapato ou sandália de salto alto me lembra uma "gueixa" andando. Foi assim, que me senti um dia que me aventurei a andar um quarteirão com salto alto e que tive que descer uma ladeira. Sem contar que as calçadas que andei eram compostas por pedrinhas portuguesas mal colocadas, que me fazia andar como pisando em ovos. Qualquer descuido era fatal. O medo de cair era tão intenso que até a minha bolsa que era de mão, passou a ser de ombro, temendo a eventualidade de uma queda e de levarem-na. Em outras calçadas, a eminência de perigo aumentava em dias de chuva, pensava eu, devido a possibilidade de escorregos. Claro que meu olhar se debruçou na minha experiência. Mas, fico pensando do quanto o dinheiro recolhido dos impostos está indo ao encontro da segurança e bem estar do cidadão menos favorecido, mas que contribui sem alternativas no asseguramento dos impostos contidos em tudo que faz parte da sua cesta básica de alimentos.

5 comentários:

  1. Olá loira...como sempre reinvindicando condições favoráveis para as loira, não é?....corringindo, para as mulheres. Estais certíssima, pois depoiss de ler esta mensagem comecei a observar as mulheres caminhando nas ruas. Se candidate a prefeita gata. Tem tudo a ver contigo.Já tens meu voto.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Olá Mary,você que já viveu em Portugal, sabe como são as nossas calçadas. Não é nada fácil caminhar pelos passeios com saltos altos, e pior ainda se for daqueles, tipo "agulha". Eu já tentei, mas desisti. Para se andar melhor os saltos não podem ser demasiado finos. Um beijinho e bom fim de semana para você.

    ResponderEliminar
  3. Concordo contigo menina!....mas, mulher como vc sabe andar de salto alto até na beira da praia.Tô mentindo?
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Imagino como deve ser díficil conviver com a iminência de uma torção!! Riscos.

    Bjus!! manina de Natal!!

    Hod.

    ResponderEliminar
  5. Este é um assunto que deve fazer parte das tribunas de uma assembléia legislativa....hehehe....nunca havia observado estas implicações my sweet blonde.

    ResponderEliminar

My Journey

Trata-se de um blog pessoal, onde sinto-me à vontade para falar sobre my way and my journey.

Amigos que Acompanho

Acompanham-me..!!

Quem Sou

A minha foto

Eu pensei que me conhecia, mas eu me imaginava. Eu pensei que existiam somente duas Marys dentro de mim. Uma que eu a controlava, outra que me controlava. No entanto, comecei a tirar os véus da imaginação e me dei conta que existem muitas mulheres dentre deste corpo pequeno e frágil. Por isto, ele era tão complexo e vulnerável.A partir daí, comecei a compreender a fala da minha incompreensão, tentando ser menos severa comigo, para ser mais amável e tolerante para aceitar que sou o que sou, sem nenhum compromisso em querer ser politicamente correta para agradar aos outros. Isto me acalma e me faz ver-me diferente. Sou mulher, mãe, profissional, deusa, amante, cidadão do mundo, vivendo intensamente meu universo feminino. Isto é o que chamo de entrega de mim à mim, mesma. Sou seguidora incondicional de Jesus Cristo.

Bem....

Bem....

Obrigada pela visita e volte sempre!

Obrigada pela visita e volte sempre!