terça-feira, 12 de maio de 2009

Filhos....porque tê-los?...se não tê-los, como sabê-los?

Como diz o ditado, o 1º filho é de vidro, o 2º é de borracha, do 3º para frente é de ferro. *A ordem de nascimento das crianças* Irmãos mais velhos têm um álbum de fotografia completo, um relato minucioso do dia que vieram ao mundo, fios de cabelo e dentes de leite guardados. Já os caçulas penam para achar fotos do primeiro aniversário e mal sabem a circunstâncias em que chegaram à família .

Só de pensar que sou a terceira filha, nem sei o que dizer desta revelação.

O que vestir
1º bebê - Você começa a usar roupas de grávidas assim que o exame dá positivo

2º bebê - Você usa as roupas normais o máximo que puder

3º bebê - As roupas para grávidas SÃO suas roupas normais

Preparação para o nascimento

1º bebê - Você faz exercícios de respiração religiosamente

2º bebê - Você não se preocupa com os exercícios de respiração, afinal lembra que, na última vez, eles não funcionaram

3º bebê - Você pede para tomar a peridural no 8º mês.

O guarda-roupas

1º bebê - Você lava as roupas que ganha para o bebê, arruma de acordo com as cores e dobra delicadamente dentro da gaveta

2º bebê - Você vê se as roupas estão limpas e só descartas aquelas com manchas escuras

3º bebê - Meninos podem usar rosa, né?

Preocupações

1º bebê - Ao menor resmungo do bebê, você corre para pegá-lo no colo

2º bebê - Você pega o bebê no colo quando seus gritos ameaçam acordar o irmão mais velho

3º bebê - Você ensina o mais velho a dar corda no móbile do berço

A chupeta

1º bebê - Se a chupeta cair no chão, você guarda até que possa chegar em casa e fervê-la

2º bebê - Se a chupeta cair no chão, você a lava com o suco do bebê

3º bebê - Se a chupeta cair no chão , você limpa na camiseta e dá novamente ao bebê

Troca de fraldas

1º bebê - Você troca as fraldas a cada hora, mesmo se elas estiverem limpas

2º bebê - Você troca as fraldas a cada duas ou três horas, se necessário

3º bebê - Você tenta trocar a fralda antes que as outras crianças reclamem do mau cheiro

Banho

1º bebê - A água é filtrada e fervida e sua temperatura medida por termômetro.

2º bebê - A água é da torneira e a temperatura é fresquinha.

3º bebê - É enfiado diretamente embaixo do chuveiro na temperatura que vier.

Atividades

1º bebê - Você leva seu filho para as aulas de musicalização para bebês, teatro, contação de história...

2º bebê - Você leva seu filho para as aulas de musicalização para bebês

3º bebê - Você leva seu filho para o supermercado, padaria...

Saídas

1º bebê - A primeira vez que sai sem o seu filho, liga cinco vezes para casa para saber se ele está bem

2º bebê - Quando você está abrindo a porta para sair, lembra de deixar o número de telefone de onde vai estar.

3º bebê - Você manda a babá ligar só se ver sangue

Em casa

1º bebê - Você passa boa parte do dia só olhando para o bebê

2º bebê - Você passa um tempo olhando as crianças só para ter certeza que o mais velho não está apertando, beliscando ou batendo no bebê

3º bebê - Você passa um tempinho se escondendo das crianças

Engolindo moedas

1º bebê - Quando o primeiro filho engole uma moeda, você corre para o hospital e pede um raio-x

2º bebê - Quando o segundo filho engole uma moeda, você fica de olho até ela sair

3º bebê - Quando o terceiro filho engole uma moeda, você desconta da mesada dele

(Autor desconhecido)

1 comentário:

  1. Como primogênito carreguei uma crença, estúpida, tola e idiota!!.. Tipo por ser o primeiro, em tudo sempre!!..O exemplo deve ser o da imagem de uma cascata!! De cima para baixo.
    Transformei essa crença noutra que me deixava mais confortável..Com o passar dos anos descobri que podia ser o último e ainda assim sentir-me muito bem..
    Texto perfeito!!!
    Aloha!!
    Hod.

    ResponderEliminar

My Journey

Trata-se de um blog pessoal, onde sinto-me à vontade para falar sobre my way and my journey.

Amigos que Acompanho

Acompanham-me..!!

Quem Sou

A minha foto

Eu pensei que me conhecia, mas eu me imaginava. Eu pensei que existiam somente duas Marys dentro de mim. Uma que eu a controlava, outra que me controlava. No entanto, comecei a tirar os véus da imaginação e me dei conta que existem muitas mulheres dentre deste corpo pequeno e frágil. Por isto, ele era tão complexo e vulnerável.A partir daí, comecei a compreender a fala da minha incompreensão, tentando ser menos severa comigo, para ser mais amável e tolerante para aceitar que sou o que sou, sem nenhum compromisso em querer ser politicamente correta para agradar aos outros. Isto me acalma e me faz ver-me diferente. Sou mulher, mãe, profissional, deusa, amante, cidadão do mundo, vivendo intensamente meu universo feminino. Isto é o que chamo de entrega de mim à mim, mesma. Sou seguidora incondicional de Jesus Cristo.

Bem....

Bem....

Obrigada pela visita e volte sempre!

Obrigada pela visita e volte sempre!